Por: Vinicius Zart

CREF: 014991 - G/RS

Coach e CEO ZartFit

19 de Maio de 2015

3 min. de leitura

373 compart.

Confira três motivos!

O treinamento de força, mais conhecido como musculação ou exercício localizado, proporciona muitos benefícios para o corpo, como veremos a seguir, independentemente de características pessoais (sexo, idade ou biótipo) ou de como é praticado – com equipamentos ou usando somente o peso corporal.

1 – Acelera o metabolismo

Para manter as funções vitais (respiração, circulação, digestão, etc) o organismo consome energia, em um conjunto de reações chamado metabolismo basal (consumo calórico em repouso).

Esse metabolismo é influenciado por diversos fatores como idade, gênero, exercícios, composição corporal e outros. Alguns deles você não pode controlar, mas os exercícios e a composição corporal sim.

Fazendo treinamento de força, você aumenta a massa muscular, que é um tecido com consumo energético mais elevado, portanto aumenta o metabolismo basal.

Com isso, se torna mais fácil a manutenção do peso corporal ou diminuição da gordura (metabolismo mais rápido).

Por isso que a diminuição da massa muscular (atrofia), devido à idade ou inatividade física, também ocasiona maior acúmulo de gordura. É um ciclo completamente interligado.

Treinamento de força

2 – Aumenta a força muscular

Para um treinamento de força, esse é o benefício mais previsível, mas o que talvez você não saiba é que o desenvolvimento dessa capacidade, principalmente em membros inferiores e tronco, é o que permite a manutenção de todos os movimentos básicos da vida diária, como se agachar, levantar, caminhar, etc.

Além da força, você aumenta também a resistência muscular, que é a capacidade de permanecer por mais tempo realizando um movimento.

O que define por uma ou outra capacidade – força ou resistência muscular – é o estímulo que você dá no treinamento, se mais intenso ou mais prolongado, conforme suas necessidades atuais.

Treinamento de força

3 – Fortalece as articulações

Fortalecendo os músculos, você fortalece também as articulações, pois são eles que as envolvem e dão sustentação.

As articulações (joelhos, ombros, cotovelos, etc) são uniões entre ossos e sua função é permitir a mobilidade entre eles, ou seja, permitir os movimentos. Não é sua função suportar carga ou produzir força, apenas servir como uma espécie de dobradiça.

Estes papéis de realizar esforço são dos músculos, que, quando fracos, sobrecarregam e desgastam todo sistema articular, em muitos casos provocando dor. Principalmente se você está com excesso de peso.

O treinamento também fortifica os tendões (unem os músculos aos ossos) e ligamentos (limitam os movimentos articulares), diminuindo consideravelmente a incidência de lesões.

Treinamento de força

Se você já pratica treinamento de força, incentive mais pessoas a fazerem o mesmo: compartilhe esta mensagem!

Deixe sua opinião: